Engana-se quem pensa que a drenagem linfática é feita somente no corpo. O rosto também pode aproveitar (e muito) essa técnica. A drenagem linfática facial é um tratamento com muitos benefícios para a saúde e jovialidade da pele.

Ela possui objetivos preventivos, estéticos e terapêuticos. Feita de forma correta, ela é capaz de estimular o sistema de defesa, a oxigenação dos tecidos e ajuda a reduzir toxinas que ficam nos tecidos e fazem mal para a pele.

A drenagem age também tonificando a pele e retardando o envelhecimento dos tecidos, além de ser bastante eficiente na melhoria da circulação sanguínea, ampliando a vascularização da região onde é aplicada.

 

Como ela funciona?

A drenagem linfática facial é realizada por meio de movimentos que levam a linfa (líquido que carrega tanto substâncias orgânicas quanto inorgânicas, além de toxinas e resíduos) até os gânglios linfáticos. Eles são responsáveis por reduzi-las do organismo.

O procedimento é capaz de melhorar o contorno do rosto, minimiza bolsas e olheiras, muitos alegam que a sensação é de um lifting.

É indicada para quem fez cirurgia no rosto, pois no pós-operatório há a compressão do líquido. A drenagem linfática facial ajuda na eliminação de forma rápida do líquido pelo organismo, evitando infecções e ajudando a controlar e diminuir o inchaço.

 

Quando fazer?

No pós-operatório pedimos que siga a orientação do seu médico, muitos indicam pelo menos três vezes na semana pra que o inchaço seja diminuído rapidamente. Para casos de retenção de liquido, faça sempre que sentir necessidade, lembrando que como melhora a circulação também terá melhora no tônus e brilho da pele.

Cremes especiais também podem ser associados com esse tratamento para potencializar os efeitos da drenagem linfática facial.